Archive

Archive for janeiro \28\UTC 2009

As 10 maiores inovações tecnológicas de 2009

28/janeiro/2009 9 comentários

O que nos espera esse ano? Pra variar a lista é invertida

#10 – Notebook com duas telas: Olha, eu uso um 22” ligado a um notebook de 15”, no caso o monitor do notebook virou auxiliar. Mas dá uma olhada no lançamento da Lenovo, o ThinkPad W700DS, que além de uma mesa digitalizadora ao lado do touchpad, vem com uma tela auxiliar de 10” (a principal tem 17”). Bom pra responder e-mail enquanto não começa um novo round no CS. Tá, eu sei que a IBM negligenciou o termo “portátil”

image

#9 – Migração do 3G pro 4G: Ah tu fez um contrato com a companhia de telefonia móvel de um ano pelo 3G, tecnologia essa que mandou por água a baixo o WiMax, saiba que vem por aí o 4G. Esse acho que vai demorar um pouco pra chegar no Brasil. Inclusive a Tim vende conexões de 7Mbps, se funcionasse nessa velocidade já estava de muito bom tamanho. Eu acho que a abrangência tem que melhorar muito também.

#8 – Stylish Netbooks: Não gosto de chamar esses micros de netbooks, mas já que a moda pegou, agora eles vão vir além de coloridos, com temas, um exemplo é esse HP Mini 100 modelo “China Chic”

image

#7 – USB 3.0: Pensei que já tinha falado dela aqui. A chamada USB SuperSpeed tem taxa de transferência de 5Gbps (contra os 480Mbps do 2.0), conector 100% compatível apesar de este novo ter dois lados, full duplex. A corrente aumentou pra 150mA (80% mais) e a tensão mínima pra funcionamento baixou de 4,4V pra 4V. Quero só ver transferir o conteúdo de um CD em 1 segundo.

image

#6 – Telas sensíveis ao toque: Não é de se estranhar agora todos os dispositivos virem com telas sensíveis, já tem máquina fotográfica, player de mídia, etc. Meu telefone quando as pessoas pegam na mão ficam apertando a tela! Pessoalmente eu não gosto, mas confesso que se ao invés de touchpad eu tivesse uma touchscreen seria melhor. Mas uma que eu não precisasse usar uma caneta por que eu não tenho a ponta do dedo “apontada”

image

#5 – Computação nas Nuvens (Cloud Computing): Segundo a Google, é o futuro. Já tem até Sistema Operacional na Web. Cada vez mais o seu navegador começa a ficar mais importante que seu Sistema Operacional. Você sabia que a Adobe liberou um Photoshop Online?

#4 – Interface 3D: Depois que a Apple nos forçou a usar interfaces sensíveis ao toque, agora ela patenteou uma interface 3D (clique na foto para saber mais, em inglês). Mas não é a única, soluções como BumpTop e Project Looking Glass, da Sun também estão nesse caminho

image

#3 – Monoblocos: Sim! É o retorno dos tudo-em-1. Tá, aquele HP da propaganda é gigante, diz que o software dele, aquele HP Media Center não roda DVD, o que ninguém entendeu, mas é melhor que ter aquela caixa ocupando espaço quando tudo podia estar junto e sem aquele monte de fios pra lá e pra cá. Na CES teve modelos da Dell, Sony, Gateway e Lenovo (não, eu não fui na CES e sim, todos os links estão em inglês)

image

#2 – Intel Core i7: Nem tem muito o que falar do lançamento da Intel: Adeus ao Front Side Bus, Controlador de memória integrado, Triple-Channel, a volta do HyperThreading (e o Windows mostrando 8 processadores na aba Performance do Task Manager), Gerenciamento de Energia e Overclock “built-in”, segundo o Gizmodo, a Beautiful Monster

image

#1 – Solid State Drives, ou SSD: Tá certo que hoje em dia a gente não ouve mais aquele CRRRR dos discos rígidos, mas eles estão com os dias contados, os SSD são mais rápidos, mais confiáveis e usam menos energia. Só quero ver se o povo vai parar de chamar de “disco rígido flash”. Meu amigo, SSD não tem disco nenhum!

image

Firefox Mais Rápido

11/janeiro/2009 1 comentário
Technorati Tags: ,

Aumente a velocidade do seu Firefox (não interessa qual versão):
– Digite na barra de endereços: about:config

image – Localize as chaves:

network.http.pipelining
network.http.proxy.pipelining
network.http.pipelining.maxrequests

Altere os valores para true, true e 30 (ou mais) respectivamente

– Além disso, crie a chave do tipo inteiro:

nglayout.initialpaint.delay

Sete o valor para 0

Categorias:mac, pc Tags:,

Visual Studio 2008 e .Net Framework 3.5 – O que há de novo?

10/janeiro/2009 2 comentários

Até acho meio antiguinho isso (até por que já estamos em 2009, dã). Mas um conhecido me perguntou por que eu uso o 2008 pra criar aplicativos pro Framework 2.0; Vamos lá

– Do 3.0 foram agregados WPF, WCF, WWF e CardSpace (não vou me ater);
– Do 3.5 veio o LINQ, o ASP.Net 3.5, o CLR Add-in, o próprio Visual Studio 9 (2008, o Visual Studio 8 é o 2005, facinho de confundir) e o novo Device Emulator 3;

A parte legal

– Propriedades autoimplementadas, agora é possível fazer:

class Pessoa {
   public String Nome { get; set; }
   public String Sobrenome { get; set; }
}

– Inicialização do Objeto na criação;

Pessoa Autor = new Pessoa {
   Nome = @"Eduardo";
   Sobrenome = @"Farias";
}

– Método de Extensão (Extension Method). Eu acho que bagunça o código isso aqui, é uma forma de tu criar um método pra um tipo base, olha que loucura, um exemplo:

public static class EMailValidate {
public static Boolean
isValidEmail(this string StringParam) {
Regex regex = new
Regex(@"[\w-\.]+@([\w-]+\.)+[\w-]{2,4}S"); return regex.isMatch(StringParam); }
}

A classe tem que ser "static” e o “this” informa pro compilador o tipo: a utilização fica assim:

private void btnValidate(object sender, EventArgs e) {
   String str = txtEmail.text; //Pros desavisados que 
//não sabem que .text
//já é string
Messagebox.Show(str.isValidEmail); }

Pelo menos dessa forma podemos criar um “método In” já que operador ainda não nos deram possibilidade de criar.

public static class InExtension {

   public static bool In(this object objectParam, 
             IEnumerable<object> CollectionParam) {

      foreach (object obj in CollectionParam) {
         if (o.Equals(objectParam)) return true;
      }
      return false;
   }
}

– Tipo por Inferência (Type Inference); Declara uma variável com valor e o compilador descobre o tipo. Só vale pra variáveis locais (até por que se fosse um parâmetro e estourasse a capacidade do Int-16 ele não teria como converter pra Int-32 e tal

var i = 1;

– Tipos Anônimos. Junta o tipo por inferência com a inicialização na criação

var EnderecoCompleto = new {
   Rua = "Av. das Flores";
   Cidade = "Porto Alegre";
   Estado = "RS";
}

– Expressões Lambda. Eu sempre preciso consultar a sintaxe na hora de escrever, mas é quando tu quer passar algo mais que um valor como parâmetro, por exemplo, filtro pra um dataset, onde tu tem que dizer o campo, o operador e o(s) valor()

Func<string, bool> filter = x => x.Length > 50

Roda na minha máquina?

Pronto, a resposta pra pergunta que me fazem desde o tempo do 386SX33 que eu tinha que era o mais fraquinho da galera e se rodasse na minha máquina é por que rodava na de todo mundo.

Can You Run It?

Basta acessar o site http://www.systemrequirementslab.com/referrer/srtest, selecionar o software (acho que todos são jogos) clicar no botão e instalar o plug-in ActiveX/Java

Nota: Sim, SimCity Societies roda na minha máquina, urrú! Lá se vão R$99 e muito tempo perdido na frente do micro

Technorati Tags: ,,,
Categorias:geek, sites Tags:, , ,